Região

Juazeirense consegue reação histórica e avança na Copa do Brasil

O estádio Adauto Moraes, em Juazeiro, foi palco de um jogo histórico nesta quarta-feira (7). A Juazeirense conseguiu uma reação incrível diante do Volta Redonda e avançou para a terceira fase da Copa do Brasil. O placar de 3×3 no tempo normal levou para a disputa de pênaltis, vencida pelos baianos por 4×2. O meia Kanu e o goleiro Rodrigo Calaça tiveram participação destacada.

O jogo começou bastante desfavorável para a Juazeirense. O Volta Redonda precisou de apenas 17 minutos para fazer 3×0. Luiz Paulo, Gabriel Pereira e Alef Manga marcaram para a equipe fluminense logo no início do confronto.

A reação começou só depois do intervalo. O primeiro gol do Cancão de Fogo foi marcado aos 9 minutos do segundo tempo, com Daniel. Aos 21, o meia Kanu diminuiu ainda mais o prejuízo. O gol salvador saiu aos 51 minutos, novamente com Kanu.

Com o empate, a disputa foi decidida nos pênaltis. Ian, Wendell, Martin e Kesley marcaram para os baianos, enquanto Clebson desperdiçou a cobrança. Do lado do Volta Redonda, Luiz Paulo e Bruno Barra converteram, mas Alef Manga e Marcinho esbarraram no goleiro Rodrigo Calaça.

Com a classificação, a Juazeirense faturou R$ 1,7 milhão de premiação. O próximo adversário será definido por sorteio.

Seja quem for, o time baiano já garantiu sua melhor participação na Copa do Brasil. Em 2016, parou na segunda fase. Em 2019, foi eliminado na primeira. Dessa vez, já deixou Sport e Volta Redonda para trás.

Comentários