Remanso

Câmara de Remanso vota em primeiro turno contas de Zé Filho do exercício de 2018

Rejeitada pelo TCM – Tribunal de Contas dos Municípios em sessão do dia 21 de maio de 2020, as contas da Prefeitura de Remanso do exercício de 2018, de responsabilidade do ex-prefeito Zé Filho (PSD), serão colocadas em votação na Câmara de Vereadores nesta terça-feira, 06 de abril de 2021. Cabe aos vereadores a última palavra sobre as contas.

O TCM, ao rejeitar, enviou logo as contas para o Ministério Público, transformando a prestação de contas e as justificativas em caso de polícia: Foram multas não pagas, folhas de pagamento sem comprovação se os funcionários receberam mesmo e a exigência de devolução de mais três milhões e duzentos mil de comprovados desvios.

Na sessão da última terça-feira, o relator da Comissão de Orçamento da Câmara, voltou a mostrar desvios, criticando duramente o ex-gestor Zé Filho: disse que o ex-gestor apresentou aos vereadores a mesma defesa que já tinha apresentado ao TCM, que não “vale nada”, mostrando desprezo pela Câmara.

Há uma intensa cobrança da população aos órgãos de imprensa para que o presidente da Câmara determine a transmissão da sessão, já que está proibida a aglomeração no município.

Comentários