Remanso

Apontada como possível vice de Marcos Palmeira, vereadora Renata Rosal filia-se ao PCdoB

Renata atualmente exerce seu terceiro mandato na Câmara de Vereadores e na última eleição em (2016) recebeu mais de 1100 votos.

O PCdoB (Partido Comunista do Brasil) de Remanso é o novo partido da vereadora Renata Rosal, apontada como possível pré-candidata a vice-prefeita o pré-candidato a prefeito Marcos Palmeira. Na última semana a vereadora deixou o PSD (Partido Social Democrático) amparada na emenda constitucional que abriu no último dia (18) de fevereiro, a “janela” permite a troca de partidos sem perda de mandatos, a alteração foi aprovada no Senado desde (09) de dezembro do ano passado.

Renata atualmente exerce seu terceiro mandato na Câmara de Vereadores e na última eleição em (2016) recebeu
mais de 1100 votos. A vereadora deixou claro o motivo de sua saída do PSD, partido do atual prefeito: “Esse grupo está há mais de 20 anos comandando Remanso e onde chegamos até agora? Remanso precisa mudar e está provado para mim que não são eles que vão fazer isso.  Analisei bem a proposta para mudar de partido, recebi o convite em 2019 e comecei a amadurecer a ideia, hoje entendo que não há outro caminho para melhorar Remanso. O caminho é a mudança. E por isso estamos na luta com o Marcos Palmeira e o PCdoB ”, falou a vereadora.

Remanso Notícias

Comentários

Leave a Response