Esporte

Messi recusa prêmio de melhor da Copa América após nova decepção

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

msd-300x250eA organização da Copa América entregou os troféus de melhor goleiro e artilheiro aos chilenos Claudio Bravo e Eduardo Vargas, respectivamente, e de “Jogo Limpo” à seleção peruana. Em seguida, deveria ser entregue o prêmio dedicado ao melhor jogador do torneio, mas Messi não quis passar pelo constrangimento de receber mais um troféu individual após um vice-campeonato – também foi eleito o melhor da Copa do Mundo de 2014, em decisão contestada até mesmo por Diego Maradona e por Joseph Blatter, presidente da Fifa. A organização chilena, então, retirou o troféu do palco, sem anunciar um vencedor.

Messi não conseguiu chutar uma bola sequer no gol chileno na decisão. Muito bem marcado (por vezes, com violência), o astro do Barcelona deu uma única grande arrancada, em jogada que terminou com Gonzalo Higuain desperdiçando um gol no último minuto do tempo normal. O jornal esportivo Olé dedicou um editorial bastante crítico à atuação de Messi e tratou como “ultrajante” a forma como o craque “caminhou em campo”. A publicação disse que Messi “não representa os argentinos nos momentos mais importantes” e defendeu que a faixa de capitão deveria ser devolvida ao volante Javier Mascherano.

Mascherano, inclusive, disse não entender a sequência de frustrações da equipe argentina. “Não consigo encontrar explicações, joguei três finais de Copa América e perdi as três. Perder é uma tortura, uma tristeza muito grande. Parece ser um karma que temos que viver”, desabafou o ex-jogador do Corinthians, vice-campeão em 2004, 2007 e 2015. Mascherano ainda dividiu sua tristeza com seu companheiro de Barcelona. “Messi está destruído, é uma tortura que todos carregamos”.

ganha1

O atacante Ezequiel Lavezzi também falou sobre o estado de Messi após a final. “Leo é quem mais sente. É o melhor do mundo e se autopressiona”. Para piorar, Messi soube depois que seus familiares foram hostilizados por torcedores chilenos no Estádio Nacional de Santiago – segundo a imprensa argentina, um de seus irmãos foi agredido com um soco e seus pais tiveram que ser encaminhados a uma área VIP. A Argentina não conquista um título com a seleção adulta desde a Copa América de 1993. Messi, no entanto, conquistou a Olimpíada de Pequim, em 2008, e o Mundial sub-20 de 2005 por seu país.

Fonte: Veja Online


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários