Esporte

Palmeiras tem queda de sócios após o reajuste e é superado pelo Corinthians

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

torcida-6-300x250eOs sócios-torcedores do Palmeiras reagiram negativamente ao reajuste dos preços promovidos pela diretoria. Mais de 14 mil associados ficaram inadimplentes no plano Avanti depois do aumento de praticamente todos os setores. De 123 mil clientes registrados em maio (antes do aumento), o programa apresentou 109 mil adimplentes em junho.

A queda de mais de 10% no número de adimplentes representou a perda da 2ª colocação entre os times com mais sócios-torcedores pagantes, posto agora ocupado pelo Corinthians, com 110 mil assinantes.

Ao UOL Esporte, a assessoria de comunicação do Palmeiras confirmou a redução de adimplentes.

O plano Bronze, que antes custava R#$ 9,99, passou a valer R$12,99. O Prata (de R$19,99 para R$ 29,99). Setor Ouro (de R$ 69,99 para 109,99). Platina (de R$ 139,99 para R$ 199,99). Diamante (não sofreu alteração de valor – R$ 599,99).

O Internacional segue como o clube com mais sócios pagantes, com quase 137 mil pessoas. Os dados foram apresentados pelo site Futebol Melhor, cuja atualização é feita com base em atualizações diárias dos clubes.

Em maio, o presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, argumentou que o plano estava com valores defasados. Ele acreditava que não haveria inadimplência por conta do reajuste.

“O Avanti não tinha qualquer tipo de reajuste há três anos e foi feito com base em um estádio do século passado. Um novo estádio, com mais conforto e benefício, justifica o aumento”.

“Não temo que haja estagnação no Avanti porque as vantagens são muito relevantes”.

Fonte: UOL


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários