Remanso

Zó diz: “estamos discutindo propostas para melhorar a saúde em Remanso”

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Deputado Zó participa do programa Geraldo José (Foto: Geraldo José)
Deputado Zó participa do programa Geraldo José (Foto: Geraldo José)

Na tarde desta terça-feira (12) o deputado estadual e presidente da Comissão Territorial da Assembleia Legislativa da Bahia, Crisóstomo Lima (PCdoB), popular Zó, participou via telefone do programa Geraldo José e deu mais esclarecimentos sobre os trabalhos da Comissão, bem como comentou sobre as ações em desenvolvimento no seu mandato.

O deputado explicou que a Comissão Territorial da Assembleia Legislativa da Bahia está intensificando os trabalhos de revisão territorial, sendo que serão aprovados os territórios em que não há conflitos. “Vamos aprovar primeiramente os territórios que não há conflito. No entanto, na Bahia são poucas cidades que apresentam problemas territoriais. São cerca de 20 a 30 municípios. No território do Sertão do São Francisco não há nenhum problema dessa natureza. Temos um empasse apenas entre Canudos e Euclides”, afirmou Zó.

Durante a entrevista o parlamentar comentou também sobre os projetos que estão sendo viabilizados em seu mandato. “Sempre estamos conversando com lideranças de diversos segmentos e tratando de projetos. Para a região de Juazeiro, Senhor do Bonfim e Remanso estamos discutindo propostas para melhorar a saúde e transformar Bonfim e Remanso em pólos para desafogar a demanda que Juazeiro recebe”, frisou.

O deputado nesta quinta-feira (14) estará em Juazeiro para a entrega do Título de Cidadão Juazeirense ao Padre Josemar Mota, pároco da Catedral Santuário de Nossa Senhora das Grotas. O evento acontecerá na Câmara de Vereadores.

No próximo dia 22, Zó retornará a Juazeiro para uma reunião sobre a regularização da documentação das residências nos bairros João Paulo II e Dom José Rodrigues.

Estarão presentes no encontro o superintendente da URBIS, Marcos Caim, representantes da Diocese de Juazeiro, Juizado de Pequenas Causas, Prefeitura Municipal de Juazeiro, Câmara Municipal e associação de moradores. A discussão será realizada na Escola de Formação da Rede Municipal dos Professores de Juazeiro (EFEJ) no turno da manhã.

Informações: Geraldo José / Alinne Torres


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários