Região

Sento-Sé discute Segurança e defesa social em audiência pública

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

audiência-públicasento-sé(1)

A população do município de Sento-Sé discutiu em audiência pública realizada sexta-feira (08), na Câmara de Vereadores, propostas e ações de melhoria para a segurança pública e defesa social. Estiveram presentes representantes dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário local, secretaria da segurança pública, 76ª CIA da Polícia Militar e do ostensivo da cidade, Policia civil, Banco do Brasil e outros. O evento aberto à comunidade teve participação expressiva dos moradores da cidade e do interior, que cobraram e sugeriram ações de combate à criminalidade. A abertura dos trabalhos foi marcada por uma bênção ecumênica proferida pelos reverendos João Borges Filho e Vanderson José dos Santos; em seguida deu-se início à plenária que deliberou a criação do Conselho Municipal de Segurança Pública.

Durante o encontro foi elaborada uma agenda de compromissos com sugestões abrangentes, que visam a melhoria da segurança e da qualidade de vida da população: construção de espaços culturais e de lazer para jovens; voltar às campanhas antidrogas, ministradas pelo Ministério Público e Poder Judiciário; voltar a Polícia Mirim através do PROERD; criar uma rede protetora de jovens e crianças, envolvendo os estabelecimentos comerciais e a população; implantar vídeo monitoramento nas ruas da cidade; criar a Guarda municipal; aumentar o efetivo militar e aparelhar a polícia, para diligenciar rondas escolares, fazer abordagens em bares e locais suspeitos da cidade e do interior; reabrir o Posto Policial do Piçarrão; adquirir mais uma viatura e moto viaturas; desenvolver ações de ordenamento e fiscalização do trânsito; construir lombadas nas vias expressas da cidade; ampliar e modernizar a iluminação das vias públicas. Depois da homologação do Conselho, as propostas serão encaminhadas formalmente aos gabinetes do governador, prefeito, Juiz de direito, promotoria de Justiça, Comando Geral da PM, Secretaria da Segurança Pública e outros órgão envolvidos diretamente com o tema.

Fonte: Câmara de Sento-Sé


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Comentários