Geral

Governador Rui Costa confirma lançamento de edital de concurso para contratação de 3.460 professores ainda este mês

Vem aí o concurso público de Professor do Estado da Bahia 2017. De acordo com o governador Rui Costa, o edital de concurso será divulgado até o final de outubro. A confirmação veio na última terça-feira, 03 de outubro, através de sua página no Facebook. O edital foi anunciado com 3.460 vagas, sendo 2.796 destinadas aos professores e 664 aos coordenadores pedagógicos.

O governador já frisou em outra oportunidade que o concurso de Professor Bahia 2017 será regionalizado, de modo que evite a transferência iminente dos servidores para grandes cidades. “Eu quero fazer um concurso regionalizado para garantir que os professores vão continuar naquelas cidades dando aula. Para que os professores não façam o certame para uma cidade pequena e depois realizem transferências até por via judicial”, disse Rui.

O governador também já havia confirmado o concurso de Professores durante sua viagem de número 300 na gestão. “Devo publicar até o final do mês um edital do concurso público”, disse Rui, que está em diálogo com as secretarias da Fazenda, da Administração e da Educação para fechar a questão. Rui aproveitou a ocasião para destacar as ações que têm feito na área de saúde, o que ele considera recorde em todo o estado.

As vagas do concurso de Professor SEC Educação 2017 serão municipalizadas e distribuídas por 365 cidades baianas. O Governo do Estado também aumentou para 70% o percentual de gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET) de todos os diretores escolares da rede de ensino. Ainda como resultado da reunião com a APLB, o governador autorizou a ampliação da jornada de trabalho para aqueles educadores que trabalham 20h semanais e desejam passar para o regime de 40h, recebendo o dobro do salário.

A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) está em fase de preparação dos editais. As 2.796 vagas abertas para professores do ensino médio e fundamental vão gerar um impacto de R$ 117,6 milhões, a partir de janeiro de 2018. As vagas serão para professores do magistério público com carga de 40 horas semanais. Já com as 664 vagas de coordenadores pedagógicos, o Governo terá uma despesa com custeio de R$ 29,4 milhões, no exercício 2018.

Os novos professores também vão trabalhar num regime de 40 horas, o que possibilita uma maior interação e ambientação do professor com a escola, e consequentemente uma melhora do trabalho que é feito”, explicou. Carga horária O Governo vai abrir processo para a ampliação de carga horária de 816 professores do ensino fundamental e médio.

Siga-nos no Facebook

Publicidade